segunda-feira, 14 de julho de 2008

Doce de ameixa





Eu adoro armazenar comida e uma das coisas que mais gosto de fazer na cozinha, são conservas doces. Não perco uma oportunidade que seja, de transformar em doce, tudo o que me vier à mão, dentro de um certo limite, é claro! E para uma pessoa como eu, o verão é um prato cheio. É a altura ideal, para dar uso, a todos os frascos e frasquinhos que reciclei ao longo do ano e enchê-los de variados doces caseiros.
Fazer doces caseiros, é todo um ritual, que eu faço questão de manter bem vivo na minha cozinha e apesar de cá em casa, só eu os comer, ( com excepção para o doce de amora que é o preferido do resto da família), eu não me deixo abater e lá continuo a manter a produção anual de doces, geleias e marmeladas. Normalmente faço pouca quantidade mas de muita variedade, a não ser que tenha alguma encomenda especial de familiares e amigos.
Este doce de ameixa, foi feito com o que sobrou da última colheita de ameixas vermelhas deste ano.
Aqui fica a receita.


É sempre bom saber que...

As ameixas são excelentes para fazer doces, porque são ricas em ácido e pectina, o que é essencial para que o doce ganhe uma firmeza gelatinosa. A textura do doce depende desses dois componentes .

Para fazer doces de fruta, escolha panelas grandes de fundo espesso, se forem de cobre tanto melhor, o doce deve ocupar só até meio do espaço da panela, use também uma colher de pau comprida para mexer o doce, pois assim não corre tanto risco de se queimar com os espirros do doce, apesar de eu ficar sempre "carimbada", mesmo tomando precauções, mas ao menos tento minimizar os danos.


PS: Esta mensagem foi atualizada.



Doce de ameixas

Ingredientes:
1 kg de ameixas já sem caroço ( podem escolher qualquer tipo de ameixa)
900 gr de açúcar
1,5 dl de água
1 pau de canela


Preparação:
Lave as ameixas, corte-as ao meio e retire o caroço. Estas como eram pequenas cortei-as só ao meio mas se forem maiores, por ex: as amarelas, aí convém cortar em quartos. Se foram muito maduras ao ponto de se desfazerem, reserve o sumo que se vai libertando enquanto as corta e junte-o à panela. Nesse caso não junte água.

Leve a cozer na panela escolhida , em lume brando com o pau de canela até a polpa estar desfeita, junte o açúcar, mexa e deixe ferver em lume forte, até obter o ponto desejado. Esta parte da cozedura tem que ser bem vigiada e é necessário mexer de vez em quando para que não queime, além disso esta fase é também rápida, por isso não saia de perto do fogão.

Para ver se o doce está no ponto, ponha um pouco do doce num prato e com o dedo abra uma "estrada" no meio do doce, se o doce demorar um pouco a voltar a unir-se, então está pronto. Este é o método ao qual me habituei e é assim que eu costumo fazer.

Não deixe o doce cozer demais, porque aí vai ficar tipo caramelo, duro, escuro e amargo, ou seja é melhor pô-lo ao lixo, acreditem porque eu já passei por isso e quem avisa... Um doce nunca deve ferver mais de 20 minutos.

Depois do doce pronto, deixe descansar 15 m. e depois retire a espuma que se pode ter formado à superfície.

Para guardar, ponha o doce em frascos de vidro previamente fervidos numa panela com água por alguns minutos, arrefecidos e enxutos. Eu guardo os doces por norma no frigorífico, por isso não perco muito tempo com o acondicionamento mas se quiserem guardá-los na despensa ou numa prateleira, podem fazer assim:

Depois do doce estar no frasco, cubra com um disco de papel encerado, (a parte encerada virada para baixo), pressione ligeiramente com os dedos, para permitir a saída do ar, limpe os bordos do frasco e depois cubra com um disco de papel celofane ligeiramente humedecido, ao secar o papel adere ao frasco, impedindo a entrada do ar. Desta forma pode guardar os doces em local escuro e arejado por alguns meses. Deixe os frascos arrefecerem completamente antes de por as etiquetas, com o nome e data.


Print Friendly and PDF

18 comentários:

Filipa disse...

Mónica o teu doce de ameixa está com uma cor fantástica. Sabes que costumo fazer vários tipos de doce mas de ameixa ainda nunca fiz. Assim que a minha árvore começar a dar esse fruto maravilhoso, hei-de fazer.

beijinhos

Marizé disse...

Eu também tenho o vicio de armazenar, faço conservas e doces de tudo e mais alguma coisa, e depois vou distribuindo pela familia e amigos.

O de ameixa é dos meus favoritos.

Beijo

Natércia disse...

Mónica como tudo está uma maravilha o teu doce. Um bjo. Natércia...

kikas disse...

mãos divinas q tem a dona desta linda cozinha!
os meus sinceros parabéns e uma óptima semana
bjs fofos

Manuela disse...

Também adoro compotas.
Para vedar o frasco eu costumo derreter mesmo cera em cima do doce e essa camada protege o doce durante o ano todo :)

Laranja com Canela disse...

Também sou fã de doces e compotas. Gostei da dica do papel encerado. Desconhecia.

ameixa seca disse...

Eu adoro a bela da torrada com uma camada de compota... mas nunca tentei fazer. Até porque não tenho àrvores de fruto. A cor ficou fantástica :)

pipoka disse...

Eu também adoro fazer compotas e a de ameixas gosto particularmente por causa da acidez em contraste com o doce.

bjs

monica disse...

Filipa, este doce fica muito bom, é ligeiramente ácido o que quanto a mim o torna ideal também para usar em sobremesas, experimenta!
Beijinhos

Marizé , é mesmo um vício mas um vício muito gratificante.
Beijinhos

Natércia, obrigada!
Beijinhos

Kikas, obrigada pelas lindas palavras
Beijinhos e um óptima semana para ti também.

Manuela, esse método eu desconhecia!No fundo há várias formas de conservar os doces em boas condições, estamos sempre a aprender.
Beijinhos

Laranja com canela, eu gosto imenso de ter uma reserva de doces variados, são uma delícia quando feitos em casa.
Beijinhos

Ameixa, há sempre uma 1ª vez para tudo, experimenta.
Beijinhos

Pipoka, é essa característica do doce de ameixa que eu mais gosto.
O contraste é perfeito.
Beijinhos

laila disse...

já a cor é fascinante q dirá o sabor! bjs

edinha disse...

Ficou lindo o docinho :)
Beijinho

janeca disse...

Monica,gostei muito deste docinho!
Nunca fiz doce de ameixa,vou levar esta receitinha para experimentar...

bjinhos

Axly disse...

Ah eu te entendo menina!
Geléia é uma coisa maravilhosaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Mas evito fazer, se não acabo comendo além da conta.
Huahuahuahuahuahua.
Adorei a cor da tua, linda!
Kisss^^

Anónimo disse...

Adoro doces caseiros de ameixa ainda não comi este tem um aspecto divinal!!

Bjs
Carla

Vina disse...

Eu também adoro doces e dos caseiros, então, ui ui!! Só ainda nunca me deu para fazer! Talvez um dia destes! O teu tem um aspecto maravilhoso! Deve ser magnífico com umas tostinhas! Beijocas.

PimientayChocolate disse...

Monica, tambien sufro de ese vicio, de almacenar comida, galletitas y dulces mi perdicion, de ameixa este año ainda no fiz, ya no se en que idioma escribo, disculpa, pero me diste una muy buena idea, gracias, daniela

Sérgio Gomes disse...

Bom, acabei de descobrir este blog e fiquei maravilhado e a pensar como é possivel só o ter descoberto agora. Vou já tornar-me seguidor para acompanhar as novidades.

Se quiser faça uma visita á minha cozinha:

http://enfermeiro-na-cozinha.blogspot.com

Anónimo disse...

Boa tarde!
Quanto tempo, mais ou menos, demora até que as ameixas fiquem desfeitas quando as colocamos ao lume com a água e com a canela?

UA-16306440-1