sexta-feira, 4 de julho de 2008

Pavlova de chocolate


Para este dia do chocolate escolhi a pavlova de chocolate, uma base de merengue com cacau e pedacinhos de chocolate preto, coberta com natas, raspas de chocolate e framboesas, embora eu não as tenha posto aqui. É uma combinação única.
A pavlova quanto a mim é melhor, se a base for servida á temperatura ambiente e as natas frescas, ou seja eu guardo as natas no frigorífico até à hora de servir e a base fica à temperatura ambiente, depois é só por as natas em cima do doce, cobrir com as raspas de chocolate e as framboesas e servir. A pavlova endurece um pouco no frio, o que quanto a mim não a beneficia.
Quanto ao chocolate, qualquer receita fica mais enriquecida se nela for usado um chocolate de excelente qualidade como por exemplo o Valrhona ou Lindt entre outras marcas de topo. O que se entende por "chocolate de qualidade"?
É um chocolate com pelo menos 70% de cacau. Não é obrigatorio que o use em todas as receitas de chocolate mas fica a informação, quanto maior a percentagem de cacau , mais excepcional o chocolate.
A marca francesa Valrhona é por ex: uma das raras marcas do mundo a ter chocolates vintage, que são chocolates de excelente qualidade, feitos a partir de grãos de cacau de uma única produção anual e de uma planta específica. É claro que este tipo de chocolate não é para todas as bolsas mas eu já fico contente de saber que ele existe! Bom fim de semana para todos os meus visitantes.
( Receita da Nigella Lawson )

Ingredientes:
Para a base de merengue:
6 claras
300 gr. de açúcar
3 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de vinagre balsâmico ou de vinagre de vinho tinto
50 gr de chocolate preto de boa qualidade
Para a cobertura:
Framboesas
Natas- 400 ml ( bem frias )
60 gr. de açúcar
Raspas de chocolate


Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
Bata as claras até formarem picos, junte o açúcar, uma colher de sopa de cada vez até acabar o açúcar, bata até ficar bem firme. Espalhe o cacau em pó, o vinagre e o chocolate picado em pedacinhos.
Envolva tudo com cuidado até estar bem ligado.
Num tabuleiro de forno ponha uma folha de papel vegetal, desenhe um círculo com aproximadamente 23 cm de diâmetro, pode fazer isto pondo uma forma e com um lápis desenhar um círculo á sua volta.
Espalhe o merengue dentro desse círculo sem o achatar muito. Ponha no forno e imediatamente baixe a temperatura para os 150º, marca 2 do fogão a gás.
Coza durante 1 hora a 1h15. Deve ficar bem seco nas beiras mas mais macio no centro.
Decorrido esse tempo desligue o forno, entreabra a porta e deixe a pavlova arrefecer completamente lá dentro.
Na altura de servir, cubra o topo com as natas batidas com o açúcar, polvilhe com raspas de chocolate que pode fazer raspando uma faca numa tablete de chocolate e cubra com framboesas.

Print Friendly and PDF

16 comentários:

Nani do Paulo disse...

Nossa e como fica bonito! Adorei a apresentação!
Beijos

Filipa disse...

Mónica, estou a amar as tuas sextas de chocolate!
A apresentação desta pavlova está fantástica, quanta dedicação hein? Parabéns.

beijinhos

Leila disse...

Monica, eu adoro pavlova mas nunca experimentei a de chocolate.
ficou lindona.
beijinhos

ameixa seca disse...

Será que foi a mulher de Pavlov que criou esta receita ;) eh eh Bem que podia ser... o reflexo condicionado também se aplica aqui... estou a salivar e nem provei ainda ;)
Muito bonita a Pavlova.

janeca disse...

Ai..Ai.. Monica que delicia é esta?? que bonita sobremesa,e o sabor deve ser divinal!!!

Bjinhos

Natércia disse...

Esta rapariga dá cabo de mim...na minha terra dizem que sexta feira é dia de bruxas! Na tua terra é dia de chocolate que maravilha. Um bjo. Natércia...

cupido disse...

É sem dúvida uma bela sobremesa...
(ameixa, pavlova não era mulher do pavlov, mas uma bailarina Russa, Anna Pavlova, 1881- 1931).
Um clássico da Gastronomia.
Obrigado por partilhares a receita (já agora, com vinagre de vinho do Porto, ui, ui).

Marizé disse...

Aqui um clássico que será sempre novo.

Esta´lindo Mónica, parabéns.

Bj e bom fim de semana

ameixa seca disse...

Cupido, és um cavalheiro, mas eu sei que não é mulher de Pavlov eh eh. Estava a brincar e aproveitei para fazer uma piadola com o reflexo condicionado de Pavlov ;)
Foi um bocadito de bom humor :) Mas obrigada pela resposta... já fica para quem não sabia ;)

Aninha disse...

Maravilhosa receita! Está anotada! Parabéns

Emília disse...

Não conhecia esse doce, parece um merengue, mas o sabor deve ser bem diferente, fica muito bonito!! Beijinhos

Axly disse...

Que receita fantástica!
Realmente um bom chocolate transforma uma receita.
Kisss^^

"Manjares da Manu" disse...

Realmente a sue receita parece ótima!!!

Bjs...

Manuela Escariz.

Marcos disse...

Mónica receita fantástica!!!Um abraço...Marcos:*))

Cristina disse...

Olá Mónica

Esta receita anda-me "atravessada" quase há um ano. Tinha tendo fazê-la através do livro da Nigella, mas algo correu mal com a base de merengue. Estava linda ao fim de meia hora no forno, mas começou a crescer, a crescer desmesuradamente! Depois começou a sair liquido por baixo, resultado: na borda ficou óptima, mas no meio abateu, ficou consistência tipo mousse... Tem ideia do que terá corrido mal??? Não pus o vinagre, porque não tinha. Forno a menos? Seja como fôr, vou tentar fazê-la novamente!!!

Anónimo disse...

É a 2ª vez que tento e não fica bem, está comprovado aqui em casa as Pavlovas calham mal... :(

UA-16306440-1