quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Bolo de chocolate...






De todas as coisas programadas para esta semana, uma deixou-me bastante entusiasmada. Fazer um bolo de aniversário para um dos rapazes cá de casa. A questão é que já muito bolo passou por estas mãos . Nós somos quatro e a única pessoa para quem não faço bolos de aniversário é para mim (tirando uma ou outra exceção). Se a esta conta juntarmos familiares mais próximos e amigos então a lista é mesmo interminável. Por isso, prioridade número um?  Escolher um (novo) bolo. Um bolo diferente, em sabor e em aparência. E sendo eu uma rapariga cheia de sorte, que até tem um forno convector à disposição, vai de escolher um bolo de 3 camadas. Daqueles megalómanos, altos e espadaúdos. Capazes de converter ao "Chocolatismo" qualquer infiel que por aí ainda possa haver. A escolha foi para este aqui. Lindo e guloso! Chocolate em 3 camadas de massa fofa, recheadas e cobertas com frosting. E chegada ao frosting em questão, a receita de uma tal de Mrs, Milman´s, perdi-me (por breves segundos!) é que até que não me pareceu nada mal, isto tendo em conta que eu não sou muito dada a frostings. Mas como por aqui, somos todos adeptos fervorosos do chocolate com natas bem batidas, o recheio e cobertura ficaram assim decididos. Já as cerejas juntaram-se ao projecto apenas porque estavam no sítio certo à hora certa. Que é como quem diz "estavam no frigorífico no dia em que fiz o bolo". Noutro dia qualquer a escolha teria ido para os morangos. Quase de certeza!...
Parte delas cozinhei-as num xarope para servir com o bolo e humedecer as camadas de massa. As restantes serviram de decoração. No fim, acabei com uma versão menos rebuscada do já conhecido Bolo floresta negra.- E já agora espreitem este aqui também.

Como recompensa por ter feito o bolo que muito agradou ao aniversariante, tive direito a cortar-lhe uma fatia para a sessão fotográfica. Porém, faço questão de deixar registrado que o primeiro pedaço foi para ele. Dos outros pedaços da tal fatia, não reza esta história... Nem foram deixados registros...a não ser os fotográficos, claro.
Já dos bolos, apesar de já muito ter falado sobre eles ao longo destes mais de 3 anos, acho sempre útil lembrar princípios muito importantes a seguir para que o resultado seja o melhor possível.
Por vezes podem pensar "Para que é que vou estar a peneirar a farinha ou a bater tanto tempo a manteiga?" mas tudo tem uma razão de ser. E são esses pequenos, grandes detalhes que fazem toda diferença.

Então aqui vai:


Princípios básicos a seguir quando se faz um bolo


*As farinhas devem ser sempre peneiradas, mesmo que a receita não o peça.
*O forno deve ser sempre pré-aquecido com antecedência. Se a receita pede 180º, o forno precisa de tempo para atingir essa temperatura e aí sim o bolo pode ser posto a cozer.
*Os ingredientes guardados no frio (ovos, manteiga, leite) devem ser postos no balcão da cozinha até ficarem à temperatura ambiente. Caso contrário pode haver alteração no processo de cozedura do bolo.
*As receitas que pedem manteiga amolecida, pedem manteiga mole e não derretida.
*Bater manteiga amolecida com açúcar deve ser uma tarefa nunca inferior a 3 minutos. Seguir este princípio vai fazer toda a diferença no resultado final.
*As formas devem ser sempre enfarinhadas, seja com farinha, cacau ou até pão ralado ou farinha de milho (conforme a receita em questão). E forradas quando pedido.
*Não abrir demasiadas vezes o forno. Nesta receita por exemplo o tempo de cozedura é de 35 a 45 minutos. Então esperamos até que se completem os 35 minutos e aí abrimos o forno e fazemos o teste do palito, caso não esteja pronto, passados 5, 6 minutos voltamos a ver, até o bolo estar cozido.
*Os tempos de cozedura de um bolo são um pouco relativos, porque os fornos não são iguais. Temos que cultivar o nosso instinto de cozinheiras e aprender a conhecer melhor o forno que temos. Se no processo algum bolo se queimar, é normal, faz parte da aprendizagem.  Afinal de contas ninguém nasce ensinado, todos temos de começar por algum lado.








Ingredientes:
340 g. de manteiga amolecida
3/4 chávena de cacau e mais um pouco para polvilhar as formas
1/2 chávena de água a ferver
2, 1/4 chávenas de açúcar
3 chávenas de farinha
3 gotas de aroma de baunilha
4 ovos grandes ligeiramente batidos
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal fino
1 chávena de leite
2 pacotes de natas frescas ( não pasteurizadas) bem frias
Cerejas frescas para decorar

Ingredientes para o xarope de cerejas:
100g. de cerejas
2 colheres de sopa de açúcar baunilhado




Preparação:
*Pré-aquecer o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
*Untar 3 formas de fecho e fundo falso com manteiga. Forrá-las com papel vegetal e polvilhá-las com cacau em pó.
*Peneirar o cacau para uma taça e juntar-lhe a água a ferver. Mexer bem para dissolver e reservar.
*Numa taça, bater a manteiga até ficar fofa, depois juntar o açúcar aos poucos. Bater até a mistura ficar esbranquiçada e fofa, nunca menos de 3 minutos.
*Junta-se a baunilha e aos poucos juntam-se os ovos, batendo entre cada adição, até tudo ficar bem ligado.
*Numa outra taça, juntam-se a farinha peneirada, o sal e o bicarbonato.
*Misturar o leite com a mistura de água e cacau.
*Junte a mistura de farinha e a de leite e cacau à massa de manteiga, açúcar e ovos, aos poucos, começando e acabando com a mistura de farinha.
*Divida a massa pelas 3 formas tentando por a mesma quantidade de massa em cada uma delas.
*Leve ao forno por 35 a 45 minutos ou até que um palito inserido no meio saia limpo.
*Tire do forno, desenforme e deixe as camadas de bolo arrefecerem totalmente.
* Entretanto faça o xarope, levando as cerejas ao lume com 50 ml. de água e o açúcar.
*Deixe levantar fervura e assim que o líquido começar a ficar mais espesso, (cerca de 5 a 6 minutos de fervura) está pronto. Deixe arrefecer.
*Bata as natas ( sem açúcar) até ficarem firmes.
*Num prato de bolo ponha uma camada de bolo, verta um pouco de xarope de cerejas e cubra com natas, sem grandes cuidados, ponha nova camada de bolo por cima, mais um pouco de xarope de cerejas, cubra com as natas. Nova camada de bolo, mais xarope de cerejas e as restantes natas. Decora-se  com cerejas frescas.
*Serve-se o bolo com as cerejas em xarope numa taça à parte para depois pôr por cima de cada fatia de bolo.



Print Friendly and PDF

14 comentários:

Célia disse...

Mónica este bolo ficou fantástico.
Lindo, lindo. Ainda bem que o aniversariante gostou.
Beijinhos

Nane Cabral disse...

Olá Mónica, adorei as dicas! Seu bolo ficou lindo e as fotos maravilhosas. Beijinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

Anónimo disse...

Olá Mónica, boa tarde.
Já li e reli a lista de ingredientes, não falta a quantidade de farinha?
O bolo está lindo e deve ser muito bom...
Obrigada pela receita.

Salome disse...

Precioso lo primero y seguro que delicioso!

O Barriguinhas disse...

nem tenho palavras para expressar o que sinto ao ver esta maravilha! Bom.... Tens um selinho no meu blog para ti. Beijinhos

Cinha disse...

Muitos Parabéns ao Filhote!
Que delicia de aspecto!
Deve ter ficado mesmo bom!
Beijinhos grandes

Ana Rita disse...

Que maravilha!!!!
Essas mãos são divinas, e o resultado é este e muitos outros...
Lindo mesmo.

Bjoka
Rita

familia antunes disse...

Querida Mónica...
Mais uma sugestão que nos enche os olhos e a alma...
Assim que o vi disse para comigo... "este vai ter que ser..."
Resistir para quê...
Parabéns ao culpado de tamanho prazer....
Obrigado por partilhares...
Beijinhos nossos...

Diogo Marques disse...

Divinal. Acho lindos estes bolos em varias camadas :)

S. disse...

Que aspecto maravilhoso!

Andréa disse...

Que bolo maravilhoso, lindo demais!
E as dicas tmb , são maravilhosas!

Beijos,
Andréa...

Marmita disse...

Que maravilha.. ficou perfeito mesmo!

Irene disse...

Que bolão espectacular! Devia estar óptimo.... Muito bom aspecto gostei, sim senhor.
bjs e bom fim de semana

moranguita disse...

esta perfeito!!! divinal mesmo com as cerejinhas tao boas que sao

UA-16306440-1